Terça, 19 de Outubro de 2021
23°

Pancada de chuva

Canarana - MT

Araguaia Investigação

Delegacia de Meio Ambiente investiga motivos que estão levando afluente do Rio Araguaia a secar

Segunda a polícia, suspeita é que agricultores estão retirando mais água do que o ribeirão consegue suportar. Biólogo fala em 'dano ambiental imensurável'.

11/10/2021 às 10h09 Atualizada em 11/10/2021 às 10h25
Por: Portal Noticiário Fonte: Millena Barbosa e Suelen Reis, g1 Goiás e TV Anhanguera
Compartilhe:
Foto: Divulgação/Polícia Civil/Tv Globo
Foto: Divulgação/Polícia Civil/Tv Globo

 A Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Contra o Meio Ambiente (Demma) abriu um inquérito para investigar os motivos que estão levando o Ribeirão Água Limpa, um dos principais afluentes do Rio Araguaia, a secar. Segundo o delegado Luziano de Carvalho, a suspeita é que agricultores estão retirando mais água do que o ribeirão consegue suportar.

Um vídeo feito durante uma inspeção da Demma realizada na última quinta-feira (8) mostra que o ribeirão, que fica em Britânia, na região noroeste do estado, está recebendo água do Rio Araguaia. Como explica o biólogo Kennedy Road, o natural seria o contrário, o afluente deveria alimentar o rio.

“Nós constatamos que não há fluxo hídrico, não tem água suficiente no Ribeirão Água Limpa para jogar para o Araguaia, que seria o natural. É um dano ambiental imensurável”, afirmou.

No final do mês de setembro, a TV Anhanguera mostrou que moradores de cidades que margeiam o Rio Araguaia estão preocupados com a redução da água no local. Segundo estudos, o rio está sofrendo a pior seca em 30 anos, o que tem prejudicado até a navegação com canoas.

O pesquisador Ludgero Vieira, que estuda o local há 25 anos, afirmou que a expansão da agricultura e a criação de gado ao longo do rio são apontadas como os principais motivos para a diminuição da água do leito.

“É uma negligência de anos, um efeito lento de ocupação e uso do solo da bacia Araguaia-Tocantins, mas que tem se acentuado nos últimos anos”, afirmou.

Na época, o Governo de Goiás informou que vem recuperando as nascentes, mas disse que são apenas 15 fiscais do meio ambiente para todo o estado.

Diante da situação com relação a seca no Ribeirão Água Limpa, o g1 procurou, na manhã deste domingo (10), a Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Desenvolvimento Social (Semad), para saber se alguma medida foi ou será tomada, e aguarda retorno.

O Rio Araguaia é um dos maiores rios do Brasil. São mais de 2 mil quilômetros de extensão, que cortam quatro estados – Goiás, Tocantins, Mato Grosso e Pará.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias