Terça, 19 de Outubro de 2021
21°

Pancada de chuva

Canarana - MT

Agronegócios Fazem reféns

Bandidos fazem família e funcionários de fazenda reféns e roubam 118 toneladas de defensivos agrícola

A vítima relatou aos Policiais que estava na lavoura, quando chegou de volta a sede por volta das 18:30 horas, e foi rendido por quatro indivíduos armados com revólveres e encapuzados

05/10/2021 às 21h50 Atualizada em 05/10/2021 às 22h01
Por: Portal Noticiário Fonte: Portal Paranatinga – Com PMMT/PTGA
Compartilhe:
Foto: Ilustrativa
Foto: Ilustrativa

Segundo informações do site Paranatinga News e conforme consta no Boletim de Ocorrência de nº 2021. 258526, que ao entardecer do último domingo dia 03, por volta das 18:30 horas, a Polícia Militar foi acionada via 190, com informações repassadas pelo proprietário da fazenda Araçatuba, relatando que indivíduos armados e encapuzados, cometeram um roubo em sua residência e lavaram 118 toneladas de defensivos agrícolas cloreto (adubo).

A Guarnição de Plantão se deslocou até a Zona Rural na MT 130 no KM 064, no local dos fatos onde a vítima relatou aos Policiais que estava na lavoura, quando chegou de volta a sede por volta das 18:30 horas, e foi rendido por quatro indivíduos armados com revólveres e encapuzados, onde ficou refém da quadrilha juntamente com sua esposa e mais dois funcionários, até por volta das 04:00 da manhã, os bandidos reviraram a casa toda levando dinheiro, joias, roupas, calçados, ferramentas, celulares e as chaves de duas camionetes que estavam na sede, e enquanto uma parte da quadrilha cuidava dos reféns, a outra parte da quadrilha carregava o cloreto que estava no pátio da fazenda próximo ao barracão. Os bandidos utilizaram um caminhão muque para carregar duas carretas bi-trem levando cerca de 118 toneladas de cloreto, e tomaram sentido a Santiago do Norte pela MT 130.

Os Policiais saíram em diligências pela MT 130 seguindo as pistas deixadas pelos caminhões, haja visto que os veículos estavam derramando cloreto na pista, e tomaram sentido a Sorriso pela BR 242, com o apoio da GUPM de Santiago composta pelo 3º SGT PM Padilha e o SD PM Victor, os Policiais se deslocaram sentido a Nova Ubiratã seguindo os vestígios deixados pelos caminhões, onde foi possível verificar que os veículos passaram para a região de Sorriso.

Sem informações ou qualquer vestígio da quadrilha a Guarnição retornou para a fazenda para colher todas as informações para a confecção do boletim de ocorrência.

O caso passa a ser investigado pela Polícia Civil.

Acesse www.paranatinganews.com.br

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias