Sábado, 25 de Setembro de 2021
38°

Pancada de chuva

Canarana - MT

Cidades Apreensão

Polícia Civil prende integrantes de organização criminosa e apreende R$ 5,8 mil em Nova Xavantina

Durante as diligências para apurar o crime, os policiais civis conseguiram identificar o autor do furto

26/07/2021 às 09h20
Por: Portal Noticiário Fonte: Assessoria - Polícia Civil-MT
Compartilhe:
Foto: Assessoria/Polícia Civil-MT
Foto: Assessoria/Polícia Civil-MT

Segundo informações do Site da Pjc-MT, os suspeitos foram autuados em flagrante pelos crimes de organização criminosa, sendo que um deles também responderá receptação.

A vítima procurou a Delegacia de Polícia de Nova Xavantina, relatando que sua residência foi furtada durante a madrugada de quinta-feira, e do local foram subtraídos dinheiro e um celular modelo S20.

Durante as diligências para apurar o crime, os policiais civis conseguiram identificar o autor do furto, que já havia trocado o celular da vítima em um ponto de venda de drogas no bairro Tonetto.

Diante dos fatos, os policiais foram até a boca de fumo, e ao chegar no local, o primeiro suspeito foi localizado com a quantia de R$ 1,2 mil. Em seguida, o segundo envolvido, um mototaxista responsável pelo recolhimento dos valores a mando dos líderes da organização criminosa, foi abordado pelos investigadores.

Em poder do mototaxista, foi localizado quase R$ 3 mil de origem duvidosa, que ele não conseguiu provar a origem do valor. Diante das evidências o suspeito foi preso por integrar organização criminosa e contribuir para o tráfico de drogas.

O celular furtado da vítima foi localizado em um segundo endereço no bairro Henry, local onde o terceiro suspeito foi preso pelo crime de receptação. Na sequência, após informação do destino do dinheiro apreendido com o mototaxista, os policiais civis se deslocaram até outra residência de um casal, que também foi preso com mais de R$ 1,6 mil, de origem duvidosa.

Diante dos fatos os quatro suspeitos e a mulher foram conduzidos para Delegacia de Polícia de Nova Xavantina onde foram interrogados pelo delegado Gutemberg de Lucena Almeida, e autuados em flagrante por organização criminosa.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias